instrumento

A Sheila além do incentivo e dos recursos técnicos que oferece em suas aulas no atelier, ainda me emprestou essa ferramenta super bacana:

 

 

a paisagem torna os esmaltes mais bonitos

Com essa mata fantástica ao fundo, as cores dos esmaltes que eu utilizei ficaram maravilhosos!

 

esmaltados na paisagem

São diferentes modos de ver, e na foto estão tambem os potes que eu inventei.

além das flores no projeto dos potes

Bem, como era esperado, nem tudo são flores…chegou o momento do esmalte. Em um primeiro momento não parecia assim assustador, escolher cores e esmaltes, encontrar tons  semelhantes e finalmente a temida hora do forno.

 

depois da queima

O resultado não me deixou muito aborrecida, claro que esquecendo que a proposta é de fato conseguir reproduzir.

semelhanças

Para quem ficou com a impressão de que conhece uma história semelhante, não é somente uma sensação. É claro, que o filme Julie & Julia, dirigido por Nora Ephron, foi altamente inspirador. Eu não iria testar tantas receitas e também não tinha um prazo estabelecido, mas existe o mesmo compromisso e a idéia de compartilhar.

SINOPSE

Meryl Streep é Julia Child e Amy Adams é Julie Powell na adaptação da escritora e diretora Nora Ephron de duas autobiografias de sucesso: ”Julie & Julia”, de Powell, e ”My Life in France”, de Julia Child com Alex Prud’homme. Baseado em duas histórias reais, a trama intercala a vida de duas mulheres que, apesar de separadas pelo tempo e pelo espaço estão ambas perdidas, até descobrirem que com a combinação certa de paixão, coragem e manteiga, tudo é possível.

FICHA DO FILME

  • Título original: Julie e Julia
  • Elenco: Meryl Streep, Amy Adams, Stanley Tucci
  • Gênero: Baseado em fatos reais, Comédia Dramática
  • Duração: 123 minutos
  • Ano: 2009
  • Data da Estreia: 27/11/2009
  • País: EUA

1001 potes

Portanto, eu não iria reproduzir 1001 potes, pois no catalogo da exposição, consta apenas um trabalho de cada artista.

outros potes de cada um dos artistas

Estes outros potes estão no final do livro e faziam parte da exposição. É interesante observar o aspecto singular de cada artista.

mil potes

Assim era a exposição:

 

 

 

Acredito que a forma de organizar a exposição era um tanto diferente. O local em que estavam os potes, talvez como um mostruário de doces. Em cada uma das prateleiras um artista.

Créditos

este é o livro que originou o meu projeto de reproduzir vários potes

 

Na verdade apesar do título: 1001 potes, eu não pretendo reproduzir 1001!!!

Comprei o livro em uma viagem, em algum momento do passeio,  quando chegamos ao Viaduc des Arts, encontrei uma exposição de cerâmica. É claro  que o meu tempo de observar a exposição, não era o mesmo dos meus amigos, então comprei o catálogo. Uma forma de relembrar o momento.

 

 

Entradas Mais Antigas Anteriores